Serpro inicia processamento de multas de trânsito em São José

Compartilhe:

Novo contrato para prestação do serviço de processamento de multas de trânsito é assinado em São José

Foto: PMSJC

Pelos próximos 12 meses, o responsável pela emissão das autuações aplicadas no município será o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), empresa pública vinculada ao Ministério da Fazenda, cuja especialidade é a prestação de serviços em tecnologia da informação e comunicação para o setor público.

O Serpro também traz para o município o Radar – um sistema de processamento que automatiza todas as atividades necessárias para a emissão de multas de trânsito, desde a infração registrada pelo agente até o acompanhamento de recursos encaminhados pelo cidadão.

São José dos Campos é primeira cidade do Estado de São Paulo a adotar um sistema de gestão de infrações de trânsito no modelo Radar. O objetivo é trazer mais segurança ao sistema de dados, além de economia, agilidade e transparência ao processamento das informações.

A contratação do Serpro foi viabilizada por meio de dispensa de licitação, com base no inciso XVI ao artigo 24 da Lei 8.666 de 1993, no valor de R$ 3 milhões, para 12 meses de prestação de serviço, prorrogáveis até o ano de 2021.

O contrato com a Splice, empresa que fazia o processamento das autuações foi encerrado no último dia 20.

Serpro

Criada em 1964, pela Lei nº 4.516, com o objetivo de modernizar e dar agilidade a setores estratégicos da Administração Pública brasileira. A Empresa oferece a prestação de serviços em Tecnologia da Informação e Comunicações para o setor público.

Com tantos anos de experiência, a Serpro é considerada uma das maiores Organizações do setor, na América Latina.

Entre os principais clientes do Serpro está a Receita Federal. O serviço foi responsável pelo processamento das mais de R$ 28 milhões de declarações de imposto de renda emitidas em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *