Sergio Moro condena Lula a nove anos e meio de prisão

Compartilhe:

Crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

O juiz Sergio Moro condenou nesta quarta-feira (12) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.  A sentença foi dada no processo em que o petista foi acusado pela força-tarefa da Lava-Jato de receber propina da OAS, uma das empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras. 

Segundo a denúncia, a OAS pagou R$ 3,7 milhões por meio de entrega e reforma do triplex no Guarujá. Lula nega ser dono do imóvel. 

Para que o ex-presidente seja efetivamente preso, no entanto, é necessário que a segunda instância (Tribunal Regional Federal 4) confirme a sentença de condenação. 

No caso de armazenamento e transporte do acervo presidencial, ele foi inocentado. 

Lula ainda é réu em outras duas ações da Lava-Jato, uma delas ligada à Operação Janus, que trata de contrato no BNDES, e outra da Operação Zelotes, que apura venda de medidas provisórias.  Ainda cabe recurso da decisão de Sérgio Moro. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *