Forças de segurança de São José em combate à criminalidade

Compartilhe:

Foi realizada nesta quinta-feira (4), a segunda reunião do “São José Unida, Segurança e Inteligência” com todas as forças de segurança do município.

Foto: Life Informa

Sob a coordenação da Secretaria de Proteção ao Cidadão, essa força-tarefa foi criada com o objetivo de combater a criminalidade e oferecer mais segurança à população joseense.

Durante a reunião foram apresentados resultados das primeiras ações realizadas no último bimestre e as estratégias para continuar combatendo o crime e desordem no município. Com a presença de representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e secretarias municipais de Proteção ao Cidadão, Mobilidade Urbana, Urbanismo e Sustentabilidade e Governança as forças unem esforços e parcerias para tornar São José dos Campos cada vez mais segura.

Medidas de Segurança

Será ampliado o número de câmeras para o monitoramento do COI (Centro de Operações Integradas), com mais 20 equipamentos que serão instalados em bairros e áreas estratégicas para coibir ações criminosas. O investimento é de R$ 600 mil e contempla todas as regiões do município.

As novas câmeras serão instaladas após estudo técnico sobre a extensão de cabos de fibra ótica responsável pela transmissão das imagens para o sistema central, em tempo real. Com a chegada desses equipamentos, a cidade passará a ter 511 câmeras utilizadas para o monitoramento.

Entre os locais que receberão as câmeras estão as áreas em torno da Fatec (Faculdade de Tecnologia) e Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), na região leste, a confluência da avenida Cesare Mansueto Giulio Lattes com a estrada Joel de Paula, também próximo ao Parque Tecnológico e no cruzamento das ruas Gisele Martins e José de Campos, no Jardim Morumbi, zona sul.

O Parque Alberto Simões, no Jardim Altos de Santana, zona norte, também passará a contar com o monitoramento da Guarda Civil Municipal, com apoio da Polícia Militar, agentes de trânsito, Bombeiros e Defesa Civil. Veja abaixo a lista dos locais contemplados.

Ainda sobre o sistema de vigilância por câmeras, a Secretaria de Proteção ao Cidadão, vai disponibilizar um terminal ligado ao sistema do COI dentro do prédio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) para auxiliar o trabalho de investigação e acelerar a captação de provas para o inquéritos.

Mais medidas

Durante o encontro, a prefeitura anunciou a criação de um aplicativo para o programa Vizinhança Solidária. O sistema vai facilitar a integração dos vizinhos e a troca de informação para coibir assaltos a pessoas e roubos a residências e estabelecimentos comerciais.

Outra medida será a integração do telefone 156 com o Comando de Policiamento do Interior 1 (CPI-1) para assuntos ligados à segurança pública,  o projeto para a ampliação de câmeras e radares com a tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres, na tradução literal).

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o sistema vair permitir a identificação, por exemplo, de veículos furtados ou roubados por meio da leitura das placas. Os dados poderão ser acompanhados pela Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal, com apoio do COI (Centro de Operações Integradas).

A integração do 156 com a Polícia Militar vai dar mais agilidade para a tramitação da comunicação e a solução do problema, provocando impacto positivo para a segurança do município.

Semáforos

Também está em andamento um estudo para a criação de um projeto de lei que visa coibir práticas artísticas-culturais, comerciais, ações de pessoas em situação de rua e pedintes em vias públicas e semáforos, visando aumentar a segurança e a fluidez do trânsito de veículos e pedestres.

A ideia, segundo a Prefeitura, é disponibilizar esses talentos para a Fundação Cultural Cassiano Ricardo e indicar as áreas públicas, que poderão receber os artistas. Já as pessoas que pedem ajuda em semáforos serão encaminhadas para projetos sociais da Secretaria de Apoio Social ao Cidadão.

A segunda reunião do ‘São José Unida – Segurança e Inteligência’ contou pelo menos 26 representantes das polícias Militar, Civil, Ambiental, Federal, Rodoviária, além do Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal, agentes de trânsito, vereadores, secretários municipais e jornalistas.

Mais policiais e guardas

A Prefeitura aproveitou para informar sobre as ações em andamento. Uma delas é a Atividade Delegada, que terá investimento de R$ 1.732.867,20, da Secretaria de Proteção ao Cidadão, e vai colocar mais 40 policiais militares nas ruas, 24 horas por dia, atendendo a um plano de trabalho de policiamento estabelecido pela Prefeitura e o comando da PM. O projeto foi sancionado pelo atual prefeito e segue nesta quinta (4) para a assinatura do Governo do Estado de São Paulo autorizando a parceria.

O convênio prevê a possibilidade da participação de integrantes do Corpo de Bombeiros, que poderão atuar junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), dentre outras atividades, como a de guarda-vidas nas piscinas abertas ao público.

Já o projeto de lei para a criação da Atividade Complementar, que permite a Guarda Civil Municipal trabalhar no contra turno da corporação, também foi sancionado. O plano de trabalho e convênio com os estabelecimentos estão sendo elaborados. A lei permitirá aos guardas municipais trabalharem fardados para atuar na vigilância durante as atividades, por exemplo, nos comércios da Rua 7 de Setembro, o tradicional Calçadão.

Fluxo

Foram feitas diversas operações integradas entre a Prefeitura e a Polícia Militar e criado um grupo de trabalho permanente para monitorar eventuais casos em outras regiões da cidade –uma vez recebida a informação da existência e de algum evento desta natureza, esse grupo aciona os órgãos responsáveis por prevenir e agir na situação. As operações contam com fiscais de posturas.

Locais que receberão as 20 novas câmeras

Região Central

–  Av. Nelson D’Ávila x R Rua Francisco Paes – Centro

– Rua Rubião Junior X R. XV de Novembro (Museu do Esporte)

– Av. São José X Rua Rui Dória – Centro (acesso à Rodoviária)

– Av. São José X Rua Rui Dória – Centro (atrás da Igreja Matriz)

– Av. Madre Teresa X Rua Rubião Junior – Centro

– Av. Anchieta – Centro (deck)

– Av. Madre Teresa X Ladeira Otávio Batista da Cruz (Entrada do Banhado)

– Rua Augusto Edson Ehlke X Rua Paulo Edson Blair – Jardim Apolo

Região Sul

– Rua José de Campos X Rua Gisele Martins – Jd. Morumbi

– Av. Dr. Sebastião Henrique da Cunha Pontes – Parque Industrial

– Av. Andrômeda X Rua Antares – Jd. Satélite

– Av. Salinas X Av. Ouro Fino

Região Leste

– Estrada Municipal Joel de Paula X Av. Cesare Mansuelo Giulio Lattes – Eugênio de Melo (atrás do Parque Tecnológico)

– Av. Cesare Mansuelo Giulio Lattes – Eugênio de Melo (defronte à Unifesp e Fatec)

– Av. Vitória Régia X Av. das Rosas – Jd. Motorama

– Rua Arcil Moreno X Praça Papa Paulo VI – Vila Ronda (Conjunto Integração)

Região Norte

– Mirante José Rosa – Vila Dirce (atrás do Parque Alberto Simões)

– Av. José Marcondes Pereira – Vila Dona (Rotatória da Via Norte)

Região Oeste

– Av. Salmão x Av. Dr Tertuliano Delphim Junior – Jd. Aquarius

– Av. Maria de Lourdes Friggi – Urbanova

Criminalidade em baixa

O Diretor do Deinter-1, Célio José da Silva apresentou dados da redução da criminalidade comparada com abril de 2016 e abril de 2017, o saldo foi muito positivo, na maioria dos crimes houve diminuição. Compare abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *